sábado, 26 de fevereiro de 2011

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Qual o significado de "sondagem" e "diagnose" no planejamento de ensino?


Por: Marcos Tuler

Para planejar adequadamente o ensino, o professor precisa conhecer seu público-alvo. Conhecer o aluno e seu ambiente é a primeira etapa do processo de planejamento. É urgente saber quais são suas necessidades básicas, frustrações, possibilidades, aspirações etc. Nesta etapa o mestre coleta dados importantes a respeito de seus alunos para, posteriomente, fazer um diagnóstico da turma. É por intermédio do diagnóstico que o professor elabora sua estratégia de trabalho. A diagnose, também conhecida como prognose, consiste na previsão dos resultados que o professor e a administração da escola podem esperar do ensino a ser ministrado às classes e a aos alunos individualmente. A diagnose deve acontecer logo após a sondagem.

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Qual a principal função da Pedagogia na Educação Cristã?


Por: Marcos Tuler

A Pedagogia como filosofia, ciência e técnica da educação oferece ao educador cristão conhecimentos sistemáticos referentes ao fenômeno educativo. Esses conhecimentos, uma vez adaptados à realidade cristã, constituem-se em ferramentas imprescindíveis à promoção do crescimento integral do cristão, determinando seu caráter, valores éticos, sociais e espirituais.

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

O senhor concorda que adolescentes lecionem para crianças ou adolescentes na Escola Dominical?




Por Marcos Tuler

Minha resposta:

O ideal é que os adolescentes e jovens até os 20 anos, pelos menos, permaneçam assistindo as aulas em suas classes. Não é recomendável que um adolescente entre 12 e 17 anos, por exemplo, ensine a outros adolescentes ou mesmo às classes infantis. Por mais que possam estar preparados em termos de conteúdo, capacidade intelectual e domínio das novas tecnologias de ensino; eles não possuem maturidade e discernimento suficientes para conduzirem o processo de ensino-aprendizagem, com segurança e eficiência. E o mais importante, é que eles estão na fase de aprender a Palavra de Deus. Estão no auge do seu desenvolvimento cognitivo. Não podemos privá-los de receberem, nesta época tão intensa e difícil da vida, o alimento espiritual que necessitam.
Além disso, os adolescentes são desafiados constantemente: pelas filosofias do nosso tempo, pela falsa ciência, vivem o problema da instabilidade da família, da deturpação da sexualidade, da sedução das drogas, e sofrem a influência da mídia.
Portanto, essas e muitas outras razões justificam a necessidade de eles estarem em sala de aula sendo orientados por professores mais experientes e fundamentados pela Palavra de Deus.
É claro, não podemos negar que há adolescentes e jovens que, além de vocacionados naturalmente para o magistério, são chamados por Deus para atuarem na educação cristã. Todavia, precisam esperar com paciência. Chegará o tempo em que eles poderão somar sua inteligência e vitalidade à experiência; tão necessária às demandas da educação na igreja.

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

DIVULGUE SUA ESCOLA DOMINICAL


Não espere que os crentes de sua igreja descubram por conta própria qual é a importância e como funciona a Escola Dominical. Há um pensamento que diz: "Se alguém promove o que faz, crê na sua eficácia". Se você acredita na Escola Dominical, então, promova-a:

1. Tenha um mural da Escola Dominical na entrada do templo;
2. Confeccione cartazes, camisas e adesivos com frases que expressem a importância da ED;
3. Faça calendários e folhinhas com versículos sobre a Palavra de Deus;
4. Publique um jornalzinho ou um botim informativo periodicamente;
5. Faça pequenos prospectos relacionados ao mérito da ED e distribua-os após o término do culto;
6. Realize o culto da ED, pelo menos duas vezes por ano, Separe alguns bancos dentro da igreja para cada classe e identifique-as com uma faixa.
7. Organize um grupo para visitar os alunos faltosos e os que não frequentam a ED;
8. Incentive os alunos a trazerem um visitante todos os domingos e se possível, dê uma lembrança para aquele que trouxer o maior número em todo o trimestre;
9. Cada aluno, é um divulgador. Incentive os alunos a propagarem com entusiasmo a ED em qualquer oportunidade que os membros da igreja estejam reunidos. Se a da sua igreja é boa, a tarefa mais difícil será trazer a pessoa até a sala de aula. Estando ali, será mais fácil, pois, certamente ela não resistirá ao ensino eficaz dos preceitos divinos.

Marcos Tuler
Convites: (21) 3015-1000/9991-9952