segunda-feira, 9 de junho de 2008




RELATOS DE EXPERIÊNCIAS DE APRENDIZAGENS SIGNIFICATIVAS


A partir de hoje estarei publicando algumas de minhas experiências de aprendizagens significativas. Se você quiser terei imenso prazer em divulgar suas experiências em meu Blog. Basta enviá-las para o endereço: marcos.tuler@cpad.com.br ou relatá-las em seu comentário. Participe!

Prof. Marcos Tuler



Quando iniciei o curso de Teologia tinha apenas 16 anos. Naquela época, já havia lido diversos livros sobre temas teológicos, e assistido a diversas palestras. Modéstia à parte, era um estudante dedicado, especialmente em “escatologia bíblica”, uma densa e polêmica matéria. Costumava debruçar-me horas a fio sobre volumosos tratados escatológicos.
O corpo docente da faculdade onde estudei era composto dos melhores professores do Brasil nesta área, talvez da América Latina. Dentre esses professores, havia um americano de oitenta anos, especialista em escatologia. Ele era competente e esforçado, mas a turma não lhe dava muita atenção. Certa noite, enquanto assistia a uma de suas aulas, percebi que a sala estava muito barulhenta. Foi então que decidi tecer um infeliz comentário: “Tudo o que ele está ensinando, estou cansado de saber. Eu queira aprender coisas novas sobre esse tema”. Assim que disse isso, olhei para os lados e percebi que a turma estava em absoluto silêncio. Não se ouvia o zumbido de uma mosca! Meu comentário havia ecoado nos quatro cantos da sala. Sentado na primeira fila, e de costas para o professor, não tive coragem de olhar em sua direção. Um suor gélido percorria todo o meu corpo. Quando decidi encarar o mestre de frente, deparei-me com aqueles inesquecíveis olhos azuis, fitando-me intensamente. Ele era um gentleman, por isso limitou-se à seguinte pergunta: “Você gostaria de dar aulas em meu lugar?” Aquele foi o mais longo e amargo momento da minha vida. Não falei absolutamente nada. Apenas abaixei a cabeça e fiquei quieto até o final da aula. Dias mais tarde, procurei-o e pedi-lhe perdão. Esse foi o difícil caminho que percorri para aprender uma das mais significativas lições da minha vida – a humildade. Eu imaginava que sabia mais que meu experiente mestre. Estava enganado. Minha vaidade não me permitia enxergar um milímetro além do frio conteúdo acadêmico. Que experiência incrível!

Pr. Marcos Tuler

3 comentários:

Elisomar disse...

É verdade pastor, a experiencia é um grande bem sem valor estimativo, e cada pessoa tem a sua própria. Ninguém vive a experiencia do outro, mas pode aprender com ela. Foi a sua maneira de reconhecer seu erro, que o levou a ser o homem que hoje é.

Eduardo Sousa disse...

Pr. Marcos, continue sendo este instrumento abençoado, nas mãos do Senhor. Que sua sabedoria, seja smpre usada para glorificar a Deus. A Igreja do Senhor, precisa de mais homens como o Sr. Muito obrigado.

Marcos disse...

Caro irmão Eduardo, muito obrigado por suas gentis palavras a meu respeito. Tenho procurado servir ao Senhor com fidelidade, especialmente na área de educação cristã relevante, pois julgo ser um espaço carente de muita atenção e trabalho. Deus o abençoe ricamente. Um forte abraço.

Pr. Marcos Tuler