quinta-feira, 30 de agosto de 2007

Uma chamada especial

Dia desses, mexendo nos meus alfarrábios, deparei-me com uma cópia do juramento da minha formatura no curso de Pedagogia. Ela estava meio amarelada, pois, há tempos, jazia entre as páginas de um velho livro de didática. Naquele momento, muitas lembranças vieram-me à mente. Treze anos se passaram e o teor daquela mensagem jamais saiu da minha memória: “Solenemente prometo, no desempenho de minhas funções de Educador, transmitir com lealdade, integridade e honestidade os ensinamentos humanos e científicos que façam dos jovens a mim confiados profissionais e cidadãos conscientes, responsáveis e inteligentes; se criar homens eu conseguir, sentir-me-ei realizado."

Que dia memorável foi aquele! Recordo-me perfeitamente de como estufava o peito e bradava aquelas palavras diante da emocionada platéia que nos assistia. Mesmo sabendo que a realidade nem sempre combina com seus ideais, o educador nunca deixa de acreditar na concretização de seus sonhos.

Não devo negar que este meu “achado” fez-me relembrar os ideais concernentes à educação profissional, secular. Enchi-me plenamente de entusiasmo ao revisitar meu compromisso com a formação de cidadãos conscientes e responsáveis. Todavia, o que realmente me impressionou foi o sentimento que tive acerca de minhas responsabilidades como educador cristão.

Desde de que recebi a chamada para o ministério do ensino, assumi um compromisso com Deus muito mais sério que aquele evocado na formatura. Disse ao Todo-Poderoso que estaria disposto a cuidar de almas. Preciosas almas! Cidadãos dos céus! Afirmei também que sentir-me-ia realizado ao educar jovens, adolescentes e crianças conduzindo-os para a vida eterna.

Mas, como fazer isso? Com quais métodos? Quais recursos? Perguntava a mim mesmo, constantemente. A resposta não pode ser outra: fazendo com que meus alunos compreendam, assimilem e pratiquem a Palavra de Deus através de todos os procedimentos e meios possíveis. Investindo todos os esforços para que aprendam, obedeçam e se tornem cada dia mais parecidos com o Mestre dos mestres.

Prof. Marcos Tuler

9 comentários:

Pastor César Moisés disse...

Caro Pastor Marcos Tuler

Este dia é especial - meus parabéns pela reflexão que desnuda seu coração de educador -, e como amigo e aprendiz não poderia deixar de felicitá-lo pelos anos completados neste dia.

Parabéns do amigo.

Anônimo disse...

Professor a paixão pelo ensino deve ser sempre algo que nos motive a lutar por um mundo melhor, ensinando da forma que o senhor ensina, creio que está se preocupando com o amanhã, continue assim, nos dando condição de pensar em mudança, para termos uma sociedade mais justa. Deus o abençoe.
Luis Claudio 4º/noite

Marcos disse...

Caro pastor César, muito obrigado por suas sinceras palavras, especialmente pela força que me deu no dia do meu aniversário. Sei que você tem a mesma paixão pela educação cristã. Somos arautos desses novos tempos. Temos de tocar as trombetas do esclarecimento da Palavra de Deus.

Pr. Marcos Tuler.

Marcos disse...

Caro aluno Luiz Claudio, sua participação é de muita valia, particularmente pelo seu ótimo desenvolvimento como aluno da FAECAD. Deus o abençoe.

Prof. Marcos Tuler.

nelsivan marques disse...

Caro Pastor Marcos Tuler,

Ser educador cristão é verdadeiramente um ministério.

Anônimo disse...

Pastor Marcos,
Sinto um imenso orgulho de ser sua aluna, pois a cada aula percebo que esta sua paixão pelo ensino me contagia. Mas confesso que, tenho aprendido que só a paixão não basta, é preciso buscar o aperfeiçoamento. E acima de tudo, descobrir a cada dia Jesus Cristo, aonde estão ocultos todos os tesouros da sabedoria e do conhecimento.
Rosemery Chalão - 4° per./noturno

Escola Bíblica Dominical da Igreja Evangélica Assembléia de Deus em Vale dos Reis disse...

devemos muito nos preocupar com isto, ensinar com a maior dedicação e cuidado, pois, estamos formando novos mestres, e os obreiros da igreja passa pelas nossas mãos, somos responsáveis por ensinar a Palavra de Deus, e não podemos ensinar qualquer coisa, mas, sim as Verdades que a Palavra de Deus expressa
fique na Paz do Senhor Jesus.
visite: http://ebdadvaledosreis.blogspot.com/

Umberto disse...

Pr Marcos.
Assisti uma conferencia das ED em Porto Alegre, foi simplesmente maravilhoso, e, vendo aqui seus comentários,seu epenho,dedicação e comprometimento com a "vedade" no ensino, reforso meus ânimos para continuar na dura missão de ensinar. Estarei sempre acompanhando seus ensinos, mesmo distante aqui no RS.
Nossa igreja agradece.
Fique na Paz do Senhor.
Um abraço
Umberto Luis Dickel

Marcos disse...

Caro irmão Humberto, muito obrigado por suas gentis palavras de incentivo. Educar é mesmo um sacerdócio! O que fazemos, fazemos com muito amor. Deus o abençoe ricamente.

Pr. Marcos Tuler