quarta-feira, 4 de julho de 2007

Aprender a conviver

“O gráfico da competência tem duas diretrizes: a pessoa que sabe fazer e a que sabe se relacionar”.
Clarice leal

Faz parte da educação, aprender a lidar com pessoas diferentes, tratar de assuntos relevantes, não falar mal dos outros, não usar a força para resolver conflitos, demonstrar gentileza e sinceridade no tratamento com os colegas e professores. É justamente na escola que os alunos aprendem as regras básicas de convivência em sociedade. O que cada professor precisa fazer é abrir espaço a fim de que eles aprendam a conviver, se conheçam e se respeitem.
Há alunos que possuem sérias carências sociais e afetivas, dificuldade de relacionamento e uma necessidade enorme de cultivar amizades sinceras. Os mestres precisam propiciar-lhes, urgentemente, um clima de amor e amizade.
No âmbito da educação cristã é essencial que os professores tenham coragem de desvestir a escola dominical de sua fisionomia de “lugar para ocupar as manhãs de domingo” para transformá-la em verdadeiro centro de convivência e comunhão cristã. Precisamos de um espaço estimulador de projetos participativos, cooperativos, identificados pela busca de objetivos comuns. A Bíblia nos informa que nos primórdios da Igreja cristã “Todos os que criam estavam juntos” (At 2.44). Toda a comunidade crescia em graça e conhecimento em função de permanecerem reunidos em torno das Escrituras Sagradas.
Não é suficiente o contato que os professores têm com seus alunos durante a aula na Escola Dominical. O educador cristão precisa oferecer um meio-ambiente favorável para um inter-relacionamento onde haja plena compreensão e possam compartilhar idéias, aspirações e verdades aprendidas na Palavra de Deus.

2 comentários:

Pastor César Moisés disse...

Caro Pastor Marcos Tuler

Aprender a conviver é um dos piores desafios do cristãos.

Em meus estudos e mensagens, constumo dizer que viver é fácil, difícil é conviver!

Eis uma boa reflexão para e um objetivo primordial daEducação Cristã.

Deus abençoe

ALTAIR GERMANO disse...

Amado Pr. Marcos Tuler,

promover bons relacionamentos é sem dúvida um dos grandes objetivos da educação cristã. Quando na ED a boa convivência é praticada as pessoas tem prazer em freqüentá-la!

Um abraço de seu irmão e companheiro de jornada.

Pr. Altair Germano/Abreu e Lima-PE