terça-feira, 6 de outubro de 2009

A Escola Dominical necessita ser atualizada, melhorada...



Pr. Marcos Tuler sendo entrevistado por uma TV portuguesa, em um congresso de ED - Lisboa/PT

Há grupos ou determinados "movimentos evangélicos" que intentam excluir a Escola Dominical da estrutura geral de suas igrejas. Estes costumam justificar-se dizendo que a ED é antiquada, ultrapassada, obsoleta e já não atende às demandas dos novos tempos. Felizmente isso não é verdade! A Escola Dominical continua viva, vibrante e atual.
Não é o caso de acabar com a Escola Dominical. Ela necessita ser atualizada, melhorada, redimensionada, modernizada etc. Há alguns anos participei de diversos congressos de ED por todo o Brasil. Uma coisa chamou-me a atenção: líderes de igrejas tradicionais, históricas (as que sempre valorizaram o ensino na igreja) estavam preocupados com a continuidade da Escola Dominical como principal ferramenta de educação cristã. Tais líderes até propuseram temas bastante significativos em seus congressos: "Repensando a Escola Dominical"; "Relembrar, refletir e recriar a Escola Dominical". Observem! Por quais razões estariam esses líderes trabalhando com esses temas? Certamente porque algumas dessas igrejas decaíram da posição de guardiãs da educação cristã relevante. Todavia, a despeito disso, não estavam pensando desistir da ED, pelo contrário, desejam reconstruí-la, atualizá-la, modernizá-la. É isso que está acontecendo em todo o Brasil - Todos os que amam a ED e reconhecem sua imprescindibilidade para a saúde espiritual da Igreja de Cristo, estão pensando e repensando em uma nova maneira de geri-la. Banalizá-la? Desprezá-la? Destruí-la? Jamais!

Por: Marcos Tuler
Contatos para convites: (21) 3015-1000 - 9991-9952
prof.marcostuler@faecad.com.br

3 comentários:

Marcelo Mitrach disse...

Creio que o problema desses líderes que teimam em destruir a escola dominical é por um único motivo, e se chama a VERDADE, sim a verdade. Na escola dominical temos a chance de perguntar e não ficar estáticos ouvindo bobeiras e mentiras que são pregadas no púlpito cristão, a verdade incomoda e para eles, ela tem que se destruída ou pelo menos desviada. Sou professor e sou um eterno apaixonado pela EBD.

Pastor Marcos Tuler disse...

Caro irmão Marcelo, suas palavras incentivam-me a continuar investindo cada vez mais na educação cristã relevante, em nossa igreja. Deus o abençoe.

Pr. Marcos Tuler

GESIEL ALVIM DE OLIVEIRA disse...

Sou leitor assíduo dos livros e postagens de sua autoria. São ótimos, edificantes e didáticos. Atuo no magistério dominical a muitos anos e atualmente como coordenador, tenho incentivado os meus liderados a buscarem a melhoria continua das suas aulas. Devemos engendrar nossos esforços para melhorar. Parar jamais. Parabéns pelo seu trabalho.